Conta de luz subirá 17,04% para clientes da Eletropaulo

  • 01-07-2015

 

A partir de sábado (4), consumidores residenciais da Eletropaulo (SP) terão um aumento de 17,04% na conta de luz. Para a indústria atendida pela distribuidora, o reajuste será pouco menor, de 11,73%.
Atualmente a Eletropaulo atende 6,7 milhões de unidades consumidoras distribuídos em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital. A revisão foi aprovada pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (30).
Apenas nos últimos dois anos, o aumento médio para o consumidor da empresa foi de 83,23% –tendo em vista o novo preço da energia, de R$ 436,11 por megawatt hora, e o que era cobrado em janeiro de 2013, R$ 238,01 por megawatt hora. Nesse período, a empresa passou por três reajustes ordinários e um extraordinário.
Neste cálculo de aumento, de 83,23% em dois anos, não está considerado o efeito da bandeira tarifária, taxa que é acrescida na conta do consumidor mensalmente de acordo com o consumo.
Desde janeiro essa bandeira está na cor vermelha, teto da cobrança. Ou seja, há que considerar ainda a soma de R$ 5,50 a cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumidos.
A reguladora justificou a elevação das tarifas principalmente nos gastos extras que a Eletropaulo teve com a compra de energia (equivalente a seis pontos percentuais do aumento), o aumento dos preços dos contratos de fornecimento elétrico e com o pagamento do empréstimo para o setor que foi tomado no ano passado.
Considerando a dívida integral de 2014, que será rateada por todas as distribuidoras e consumidores, são R$ 37,4 bilhões para pagamento ao longo de quatro anos e meio, considerando tanto juros quanto garantias. Portanto, neste ano, todos os consumidores terão de pagar a primeira parcela dessa dívida.
Para chegar ao valor final, também foram considerados outros indicadores, como gastos operacionais, que também tiveram aumento.
REVISÃO
Diferentemente do reajuste tarifário –feito anualmente e que corrige a inflação, valor de encargos, custos com operação, manutenção e gastos com compra de energia–, a revisão tarifária é feita de quatro em quatro anos ou de cinco em cinco.
Esse processo substitui o reajuste e corrige as tarifas de maneira mais ampla, considerando também o equilíbrio financeiro da empresa, a correção dos investimentos feitos no período.
O maior peso para o consumidor da Eletropaulo, porém, foi a necessidade de contratação extra de energia feita pela empresa para conseguir atender seus consumidores. Contratos que foram impactados pelo aumento de preços da eletricidade em todo país.
CELTINS
Nesta terça-feira (30), a Aneel ainda aprovou aumento de 5,64% para residências atendidas pela Energisa Tocantins (TO). Para a indústria da região, o ajuste será de 6,52%.
Os novos valores serão aplicados também a partir de quinta-feira (4) para 556 mil unidades consumidoras em 139 municípios do Estado. 
Fonte: Folha Online

A partir de sábado (4), consumidores residenciais da Eletropaulo (SP) terão um aumento de 17,04% na conta de luz. Para a indústria atendida pela distribuidora, o reajuste será pouco menor, de 11,73%.


Atualmente a Eletropaulo atende 6,7 milhões de unidades consumidoras distribuídos em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital. A revisão foi aprovada pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (30).


Apenas nos últimos dois anos, o aumento médio para o consumidor da empresa foi de 83,23% –tendo em vista o novo preço da energia, de R$ 436,11 por megawatt hora, e o que era cobrado em janeiro de 2013, R$ 238,01 por megawatt hora. Nesse período, a empresa passou por três reajustes ordinários e um extraordinário.
Neste cálculo de aumento, de 83,23% em dois anos, não está considerado o efeito da bandeira tarifária, taxa que é acrescida na conta do consumidor mensalmente de acordo com o consumo.


Desde janeiro essa bandeira está na cor vermelha, teto da cobrança. Ou seja, há que considerar ainda a soma de R$ 5,50 a cada 100 kilowatt-hora (kWh) consumidos.
A reguladora justificou a elevação das tarifas principalmente nos gastos extras que a Eletropaulo teve com a compra de energia (equivalente a seis pontos percentuais do aumento), o aumento dos preços dos contratos de fornecimento elétrico e com o pagamento do empréstimo para o setor que foi tomado no ano passado.


Considerando a dívida integral de 2014, que será rateada por todas as distribuidoras e consumidores, são R$ 37,4 bilhões para pagamento ao longo de quatro anos e meio, considerando tanto juros quanto garantias. Portanto, neste ano, todos os consumidores terão de pagar a primeira parcela dessa dívida.


Para chegar ao valor final, também foram considerados outros indicadores, como gastos operacionais, que também tiveram aumento.


REVISÃO


Diferentemente do reajuste tarifário –feito anualmente e que corrige a inflação, valor de encargos, custos com operação, manutenção e gastos com compra de energia–, a revisão tarifária é feita de quatro em quatro anos ou de cinco em cinco.


Esse processo substitui o reajuste e corrige as tarifas de maneira mais ampla, considerando também o equilíbrio financeiro da empresa, a correção dos investimentos feitos no período.

 

O maior peso para o consumidor da Eletropaulo, porém, foi a necessidade de contratação extra de energia feita pela empresa para conseguir atender seus consumidores. Contratos que foram impactados pelo aumento de preços da eletricidade em todo país.


CELTINS


Nesta terça-feira (30), a Aneel ainda aprovou aumento de 5,64% para residências atendidas pela Energisa Tocantins (TO). Para a indústria da região, o ajuste será de 6,52%.


Os novos valores serão aplicados também a partir de quinta-feira (4) para 556 mil unidades consumidoras em 139 municípios do Estado. 


Fonte: Folha Online


Comentários (0)

Deixe seu Comentário nesta Página (mostrarocultar)
* Seu Nome:
* Seu Email:
(não será divulgado publicamente)
Resposta:
Aprovação:
Seu Website:
* Cód. de Segurança:
Security Image Gerar novo
Copie os números e letras da imagem de segurança acima:
* Sua Mensagem:

Enviar a um Amigo

Preencha o formulário abaixo para encaminhar este notícia para um amigo:

Enviar a um Amigo
* Seu Nome:
* Seu Email:
* Nome do Amigo:
* Email do Amigo:
* Imagem de Segurança:
Security Image Gerar novo código
Copie abaixo os números e letras da imagem de segurança
* Mensagem: