Condomínio deve entrar na conta da compra do imóvel

  • 05-05-2015

 

Antes de comprar um imóvel, o consumidor deve analisar condições como localização, perfil e custos adicionais, como condomínio, já que boa parte do salário mensal pode ficar comprometida com o financiamento.
Na avaliação de Marcelo Prata, presidente do Canal do Crédito, site comparador de empréstimos, quem ainda paga aluguel deve recorrer a imóveis já prontos para não acumular gastos.
"Caso compre algo na planta, terá de pagar as parcelas e o aluguel", diz.
Prata afirma porém que, caso o imóvel escolhido seja usado, a atenção aos documentos deve ser redobrada.
"O comprador deve pedir as certidões do imóvel, pois, se houver algum problema judicial no futuro envolvendo esse bem, quem está comprando será responsável."
Com as condições financeiras acertadas e a pesquisa acerca do imóvel definida, é necessário colocar na ponta do lápis os custos adicionais.
"Devemos considerar o pagamento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), taxas de cartório e também toda a análise da documentação pessoal e do imóvel", diz Igor Freire, diretor de vendas da Lello Imóveis.
Ele também destaca que condomínio e possíveis reformas não podem ser esquecidos, já que são despesas que podem pesar no bolso do comprador.
Fonte: Folha Online

Antes de comprar um imóvel, o consumidor deve analisar condições como localização, perfil e custos adicionais, como condomínio, já que boa parte do salário mensal pode ficar comprometida com o financiamento.


Na avaliação de Marcelo Prata, presidente do Canal do Crédito, site comparador de empréstimos, quem ainda paga aluguel deve recorrer a imóveis já prontos para não acumular gastos."Caso compre algo na planta, terá de pagar as parcelas e o aluguel", diz.


Prata afirma porém que, caso o imóvel escolhido seja usado, a atenção aos documentos deve ser redobrada.


"O comprador deve pedir as certidões do imóvel, pois, se houver algum problema judicial no futuro envolvendo esse bem, quem está comprando será responsável."
Com as condições financeiras acertadas e a pesquisa acerca do imóvel definida, é necessário colocar na ponta do lápis os custos adicionais.


"Devemos considerar o pagamento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), taxas de cartório e também toda a análise da documentação pessoal e do imóvel", diz Igor Freire, diretor de vendas da Lello Imóveis.


Ele também destaca que condomínio e possíveis reformas não podem ser esquecidos, já que são despesas que podem pesar no bolso do comprador.


Fonte: Folha Online


Comentários (0)

Deixe seu Comentário nesta Página (mostrarocultar)
* Seu Nome:
* Seu Email:
(não será divulgado publicamente)
Resposta:
Aprovação:
Seu Website:
* Cód. de Segurança:
Security Image Gerar novo
Copie os números e letras da imagem de segurança acima:
* Sua Mensagem:

Enviar a um Amigo

Preencha o formulário abaixo para encaminhar este notícia para um amigo:

Enviar a um Amigo
* Seu Nome:
* Seu Email:
* Nome do Amigo:
* Email do Amigo:
* Imagem de Segurança:
Security Image Gerar novo código
Copie abaixo os números e letras da imagem de segurança
* Mensagem: