Crimes Dolosos e Culposos

 

O crime doloso, também chamado de crime ou dano comissivo ou intencional, é aquele em que o agente prevê o resultado lesivo de sua conduta e, mesmo assim, leva-a adiante, produzindo o resultado.

  

Classifica-se em direto, quando há a previsão do resultado lesivo mais a vontade livre e consciente de produzi-lo, e indireto, quando há a previsão do resultado lesivo mais a aceitação de sua ocorrência.

  

Crime Culposos:

Culpa Inconsciente ou Pré- Consciente: é uma conduta voluntária, sem intenção de produzir o resultado ilícito, porém, previsível, que poderia ser evitado. A conduta deve ser resultado de negligência, imperícia ou imprudência.


exemplos:


• Imprudência: art. 121, § 3º do Código Penal (CP) - Homicídio culposo

 

A pessoa que dirige em estrada, com sono, resultando em acidente fatal a outrem.


• Negligência: art. 121, § 3º do CP - Homicídio culposo

 

A pessoa que esquece filho recém-nascido no interior do carro, resultando em morte por asfixiamento.

     

Pessoa iniciante na prática de artes marciais, durante o treinamento, causa lesão corporal em alguém, ao manejar incorretamente arma cortante.


• Imperícia: art. 129, § 6º do CP - Lesão corporal culposa


Comentários (0)

Deixe seu Comentário nesta Página (mostrarocultar)
* Seu Nome:
* Seu Email:
(não será divulgado publicamente)
Resposta:
Aprovação:
Seu Website:
* Cód. de Segurança:
Security Image Gerar novo
Copie os números e letras da imagem de segurança acima:
* Sua Mensagem:

Links Relacionados